Por Palmas livre da corrupção

Diário do Sudoeste

Daiane Martins

 

O Observatório Social de Palmas, em parceria com o Rotary Club, Interact Club e grupo Demolay, levou até a comunidade e comércio informações sobre o papel do órgão e do Movimento Paraná sem Corrupção no último sábado (25), na Praça Bom Jesus, em uma campanha de divulgação e fortalecimento chamada de “Por Palmas sem corrupção”.

Para isso, foram distribuídos materiais de divulgação, visando a conscientização da comunidade sobre o papel de cada um como cidadão ativo da sociedade. Além disso, para os apoiadores da ideia, foram distribuídos adesivos com o lema.

De acordo com informações, o objetivo deste movimento é o combate à corrupção e a impunidade, mostrando a importância da cidadania e da participação da comunidade em temas sociais.

A suplente do conselho fiscal do Observatório Social, Serenita Oliveira, destacou a receptividade da comunidade. “Ficamos impressionados com a recepção positiva da população palmense. Distribuímos juntamente com os jovens Demolays e do Interact cem adesivos em apenas uma hora de trabalho. Agradeço pela excelente recepção que tivemos dos comerciantes e da população, sentimos que todos querem ver Palmas Sem Corrupção, e será somente com o esforço de cada cidadão que conseguiremos atingir este objetivo, ajudando o Observatório voluntariamente como Observadores Sociais”, salienta.

Segundo ela, o objetivo é realizar todos os sábados, às 10h, no Centro, ações neste sentido, de conscientizar a comunidade e ter uma sociedade melhor, fomentando a participação da comunidade na gestão pública.

Corrupção


Conforme as informações do Movimento, o custo médio anual da corrupção é de R$ 41,5 bilhões, ou seja, 1,3% do Produto Interno Bruto (PIB) nacional. As consequências apresentadas são o atraso no desenvolvimento econômico e social, enfraquecimento da confiança no estado e a legitimidade dos governos, ampliação do déficit democrático, descrédito da população, facilitação da reprodução criminosa, entre outros.
O desafio apontado pelo Movimento é estimular o envolvimento social para acabar com a impunidade e promover a educação cívica para a construção de um Brasil justo e sério.

Observatório

O Observatório é um órgão fiscalizador, que cobra transparência e qualidade dos gastos públicos, buscando um maior alcance da justiça social. Um dos objetivos é conscientizar o cidadão sobre a importância da participação do cidadão no acompanhamento da gestão pública por meio do controle social, de forma organizada, buscando alcance e garantia correta na aplicação dos recursos públicos.