Campanha contra a corrupção chega às escolas de Joinville

Bastante conhecida pelos catarinenses, a campanha O Que Você Tem a Ver Com a Corrupção?, criada em 2004, ganhou uma linguagem diferente nesta quinta-feira. 

Usando situações comuns no cotidiano do público infantil, o idealizador do projeto, o promotor Affonso Ghizzo Neto, levou a reflexão sobre ética aos alunos 
do Colégio Elias Moreira.

Apesar de a iniciativa começar a ser realizada em uma escola particular, o objetivo principal é estender o trabalho de conscientização às unidades da rede municipal de ensino de Joinville e São José, na Grande Florianópolis. 

Até o fim deste ano, turmas de 7ª e 8ª séries terão palestras ministradas por 50 voluntários vinculados ao Fórum de Combate à Corrupção de Joinville. 

No próximo ano, as atividades evoluem e os estudantes deverão realizar ações 
com a comunidade.

O cronograma de encontros ainda não está definido porque a organização precisa definir os voluntários que serão responsáveis por esta etapa. 

— Devemos concluir isto nos próximos dias para que os encontros possam ser realizados nas escolas —, explica o promotor. 

Os colégios da rede privada que têm interesse em criar este espaço para discutir os problemas causados pela corrupção precisam procurar a coordenação da campanha. 

— Neste caso, são as escolas particulares que escolhem o público-alvo —, argumentou Affonso.

Para a estudante Leilane Ferrari, da 6ª série, a palestra do promotor foi importante. 

— Ele falou de coisas que a gente sempre passa no dia a dia. Eu procuro prestar atenção nas minhas atitudes. Minha mãe me ensina a ser honesta —, conta.

Affonso frisa que esta é uma questão que ainda precisa ser amplamente trabalhada. 

— A campanha de conscientização está longe de trazer todas as respostas, mas levá-la para as escolas é uma forma de garantir que a nova geração tenha a ética ainda mais forte em seu cotidiano —, diz o promotor.