Projeto do MPE estimula a leitura e mobiliza estudantes no combate à corrupção

Cidadania, democracia, eleições e caixa dois. Essas palavras passaram a fazer parte do cotidiano de alunos de escolas públicas que participam do projeto “Ler, Escrever e Pensar”, uma iniciativa da 2ª Promotoria de Justiça da Comarca de João Lisboa (MA).

Lançado em fevereiro deste ano, o projeto tem como desafio “motivar e tornar os envolvidos em agentes de multiplicação do conhecimento, da informação e de combate às práticas de corrupção”, é o que explica a promotora e coordenadora do projeto Maria José Corrêa.

Entre zona urbana e rural, vinte escolas foram escolhidas e receberam a obra “O Nobre Deputado”, de autoria do ex-magistrado e idealizador da Lei da Ficha Limpa, Márlon Reis. A partir da leitura do livro, que conta como acontece a corrupção nos bastidores da política brasileira, os alunos devem produzir uma redação de 90 linhas. Os melhores textos serão premiados, após duas etapas de avaliação.

Cada unidade de ensino desenvolve as atividades que avaliar como mais eficaz, a fim de que os estudantes compreendam a leitura e desenvolvam a produção textual. Com criatividade e compromisso dos educadores, além de debates, os alunos já elaboraram peças teatrais e músicas sobre o tema.

“Apesar das dificuldades estruturais, todos os esforços estão sendo feitos para o êxito do projeto. Como algumas escolas estão em reforma e atrasamos o início das aulas, convidamos os alunos para encontros aos sábados. Eles estão empenhados. Nos debates, levam exemplos para a sala de aula e comentam o momento político. Precisamos aproveitar esta iniciativa que estimula os estudantes à leitura e ao desenvolvimento do senso crítico sobre a política”, explica a professora de Português, Maria Antônia Rodrigues.

As melhores redações selecionadas pela direção das escolas serão encaminhadas ao Ministério Público no dia 31 de maio, para a avaliação. Entre os prêmios, estão bolsas de estudo, notebook e tablets.

Ascom - Mariana Castro.
Esta matéria possui 1731 visualizações.




Comentário(s):